2ª Edição do Prémio de Investigação Científica Dra. Maria Lutegarda

web_Press Release

Criado em memória da antiga Diretora da Fundação AFID Diferença Dr.ª Maria Lutegarda, este prémio dedicado à Investigação Científica na área da Reabilitação, visa estimular e mobilizar investigadores, estudiosos, técnicos e a comunidade académica em geral, para a criação e desenvolvimento de trabalhos de investigação e de inovação sobre a reabilitação e intervenção junto de pessoas com deficiência.

Procura, também, a promoção da inclusão social, autonomia e participação de pessoas com deficiência na sociedade. Combater a discriminação com base na deficiência e promover a igualdade de oportunidades e da cidadania das pessoas com deficiência na sociedade e contribuir para a promoção das boas práticas na intervenção e, consequentemente, na melhoria de qualidade de vida das pessoas com deficiência e suas famílias.

Podem candidatar-se ao Prémio, autores de trabalhos de investigação sobre a área da Reabilitação, no âmbito académico, abrangendo as ciências sociais e humanas, sociologia e educação, direito, saúde, engenharias e tecnologias, nos 2º e 3º de ensino superior público e privado com Mestrado, Doutoramento e Pós Doc.

São admitidos a concurso os titulares de uma especialização, técnicos de reabilitação com ou sem grau académico superior, que criaram ou desenvolveram metodologias e produtos de apoio especialmente produzidos para prevenir, compensar, atenuar ou neutralizar a incapacidade. Estas candidaturas além do preenchimento do formulário online devem apresentar documentação em anexo, foto ou vídeos que caraterizem o produto, a validação a que foi sujeito e eventuais certificações.

Nesta edição, podem candidatar-se ao prémio, investigadores que desenvolvam projetos nos centros de investigação das Universidades, Laboratórios e/ou em parceria com Empresas.

Os/as candidatos/as podem concorrer como: investigadores individuais; grupo de investigadores (grupo de investigadores integrados em centros de investigação, universidades, empresas, etc).

 

  1. O Prémio de Investigação Cientifica Dra. Maria Lutegarda, ao qual corresponde o valor de oito mil euros (8.000€), será atribuído o valor de quatro mil euros (4.000€) o trabalho de investigação individual classificado em primeiro lugar, e o valor de quatro mil euros (4.000€) atribuído ao trabalho de investigação coletivo classificado em primeiro lugar.

 

  1. As duas Menções Honrosas serão atribuídas aos trabalhos que tenham ficado classificados em segundo (2º) e terceiro (3º) lugares, às quais será atribuído o valor de unitário de mil e quinhentos euros (1.500€).

 

  1. A todos/as os/as candidatos/as será atribuído um Certificado de Participação.

 

O prémio terá uma periodicidade bienal, de natureza pecuniária, ao qual corresponde o montante de 8.000 €, será atribuído o valor de quatro mil euros (4.000€) o trabalho de investigação individual classificado em primeiro lugar, e o valor de quatro mil euros (4.000€) atribuído ao trabalho de investigação coletivo classificado em primeiro lugar. As duas Menções Honrosas serão atribuídas aos trabalhos que tenham ficado classificados em segundo (2º) e terceiro (3º) lugares, às quais será atribuído o valor de unitário de mil e quinhentos euros (1.500€) cada e, é com grande alegria, amizade e sentido de responsabilidade que informamos que Sua Excelência o Presidente da República, Professor doutor Marcelo Rebelo de Sousa, renovou o Alto Patrocínio ao Prémio de Investigação Científica na área da Reabilitação Drª. Maria Lutegarda.
As candidaturas deverão ser apresentadas conforme regulamento e seguindo o calendário:

  • Apresentação do Prémio: aconteceu a 21 de outubro de 2020;
  • Apresentação de Candidaturas: De 22/10/2020 a 15/10/2021;
  • Análise dos trabalhos e seleção dos premiados: de 15/10/2021 a 30/11/2021;
  • Entrega dos prémios: Em cerimónia pública a realizar em dezembro (mês das comemorações do Dia Internacional das Pessoas com Deficiência – 3 de dezembro), bienalmente, sendo a 2ª Edição em 14 de dezembro de 2021;

Os projetos de investigação serão avaliados pelos jurados:

  • Vítor da Fonseca, professor catedrático e agregado em Educação Especial e Reabilitação na Faculdade de Motricidade Humana da Universidade de Lisboa e consultor em Neuropsicopedagogia;
  • Augusto Deodato Guerreiro, professor catedrático e agregado em Ciências da Comunicação e Investigador no CICANT (Centre for Research in Applied Communication, Culture, and New Technologies), na Escola de Comunicação, Arquitetura, Artes e Tecnologias da Informação da Universidade Lusófona e presidente do Centro Português de Tiflologia/Fundação Nossa Senhora da Esperança:
  • Domingos Rasteiro, professor adjunto convidado em Ciências da Educação e Educação Inclusiva no Instituto Politécnico Jean Piaget do Sul;
  • Francisco Godinho, professor auxiliar do Departamento de Engenharias da Escola de Ciência e Tecnologia da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro e coordenador do Centro de Engenharia de Reabilitação e Acessibilidade;
  • Susana Santos Nogueira, vereadora da Câmara Municipal da Amadora;
  • Joaquim Caetano, técnico do Gabinete de Responsabilidade Social, da Associação Mutualista Montepio, em representação da Fundação Montepio;
  • Domingos Rosa, presidente do Conselho Executivo da Fundação AFID Diferença e presidente de júri do Prémio de Investigação Científica e Reabilitação Dra. Maria Lutegarda.

 

Podem consultar o regulamento aqui: Regulamento final

O formulário de inscrição será colocado on-line brevemente.

E-mail: Premio.Maria.Lutegarda@fund-afid.org.pt

 

Sem Título

Atualizado em 2-Nov-2020 | Partilhar:

Entre em Contacto

Telefone (+351) 214 724 040
Email: info@afid.pt
R. Quinta do Paraíso, Alto Moinho
2610-316 Amadora, PORTUGAL

Livro de Reclamações
(Email: fundacao@fund-afid.org.pt)

2020 ©

Rodapé PT

Fundação AFID DiferençaTermos LegaisSiga-nos no FacebookCanal YouTubePerfil TwitterSiga-nos no InstagramSiga-nos no LinkedIn
 
Certificações