Cerimónia de entrega da Segunda Edição do Prémio de Investigação Científica na área da Reabilitação Dra. Maria Lutegarda

NEW-Flyer-01

Fundação AFID Diferença apresenta a Segunda Edição do Prémio de Investigação Científica na área da Reabilitação Dra. Maria Lutegarda

 

Amadora, 9 de dezembro 2021A Fundação AFID Diferença apresenta no próximo dia 16 de dezembro a Segunda Edição do Prémio de Investigação Científica na área da Reabilitação Dra. Maria Lutegarda. A cerimónia de entrega do Prémio irá realizar-se no Auditório 2 da Fundação Calouste Gulbenkian. O Prémio conta, mais uma vez, com o Alto Patrocínio da Sua Excelência, O Presidente da República, O Professor Doutor Marcelo Rebelo de Sousa e será apresentado por Fernanda Freitas.

 

A Fundação AFID, em parceria com a Fundação Montepio e a Câmara Municipal da Amadora, apresenta no próximo dia 16 de dezembro a Segunda Edição do Prémio de Investigação Científica na área de Reabilitação Dra. Maria Lutegarda e é com grande alegria, amizade e sentido de responsabilidade que informamos que Sua Excelência o Presidente da República, Professor doutor Marcelo Rebelo de Sousa, renovou o Alto Patrocínio ao Prémio de Investigação Científica na área da Reabilitação Dra. Maria Lutegarda e aguardamos a Sua resposta ao convite para Presidir a este Evento.

 

Nesta Segunda Edição temos também o privilégio de contar com a presença da Senhora Secretária de Estado para a Inclusão das Pessoas com Deficiência, Dra. Ana Sofia Antunes, que irá fazer uma participação.

 

Criado em memória da antiga Diretora da Fundação AFID Diferença, e a ser apresentado na semana do seu aniversário, este prémio dedicado à Investigação Científica na área da Reabilitação, visa estimular e mobilizar investigadores, estudiosos, técnicos e a comunidade académica em geral, para a criação e desenvolvimento de trabalhos de investigação e de inovação sobre a reabilitação e intervenção junto de pessoas com deficiência.

 

Procura, também, a promoção da inclusão social, autonomia e participação de pessoas com deficiência na sociedade. Combater a discriminação com base na deficiência e promover a igualdade de oportunidades e da cidadania das pessoas com deficiência na sociedade e contribuir para a promoção das boas práticas na intervenção e, consequentemente, na melhoria de qualidade de vida das pessoas com deficiência e suas famílias.

 

Nesta segunda edição foram apresentadas 28 candidaturas, duplicando as candidaturas da primeira edição.  Os candidatos são autores de trabalhos de investigação sobre a área da Reabilitação, no âmbito académico, abrangendo as ciências sociais e humanas, sociologia e educação, direito, saúde, engenharias e tecnologias, nos 2º e 3º de ensino superior público e privado com Mestrado, Doutoramento e Pós Doc. Outra novidade desta edição é que irão existir dois primeiros prémios, um prémio para Investigadores Individuais e outro para Grupos de Investigação, além de duas Menções Honrosas.

 

Com uma periodicidade bienal, o Prémio Dra. Maria Lutegarda é de natureza pecuniária, ao qual corresponde o montante de 8.000 €, será atribuído o valor de quatro mil euros (4.000€) o trabalho de investigação individual classificado em primeiro lugar, e o valor de quatro mil euros (4.000€) atribuído ao trabalho de investigação coletivo classificado em primeiro lugar. As duas Menções Honrosas serão atribuídas aos trabalhos que tenham ficado classificados em segundo (2º) e terceiro (3º) lugares, às quais será atribuído o valor de unitário de mil e quinhentos euros (1.500€) cada.

 

O corpo de jurados do Prémio de Investigação Científica Dra. Maria Lutegarda é composto por:

  • Vítor da Fonseca, professor catedrático e agregado em Educação Especial e Reabilitação na Faculdade de Motricidade Humana da Universidade de Lisboa e consultor em Neuropsicopedagogia;
  • Augusto Deodato Guerreiro, professor catedrático e agregado em Ciências da Comunicação e Investigador no CICANT (Centre for Research in Applied Communication, Culture, and New Technologies), na Escola de Comunicação, Arquitetura, Artes e Tecnologias da Informação da Universidade Lusófona e presidente do Centro Português de Tiflologia/Fundação Nossa Senhora da Esperança:
  • Domingos Rasteiro, professor adjunto convidado em Ciências da Educação e Educação Inclusiva no Instituto Politécnico Jean Piaget do Sul;
  • Francisco Godinho, professor auxiliar do Departamento de Engenharias da Escola de Ciência e Tecnologia da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro e coordenador do Centro de Engenharia de Reabilitação e Acessibilidade;
  • Susana Santos Nogueira, vereadora da Câmara Municipal da Amadora.
  • Joaquim Caetano, técnico do Gabinete de Responsabilidade Social, da Associação Mutualista Montepio, em representação da Fundação Montepio;
  • Domingos Rosa, presidente do Conselho Executivo da Fundação AFID Diferença e presidente de júri do Prémio de Investigação Científica e Reabilitação Dra. Maria Lutegarda.

 

Evento: Entrega de Prémio da Segunda Edição do Prémio de Investigação Científica na área da Reabilitação Dra. Maria Lutegarda

 

Local: Fundação Calouste Gulbenkian, Auditório 2

Apresentação: 16 de dezembro | 16h00

 

De acordo com as normas impostas pelo Conselho de Ministros, para aceder ao evento terá de apresentar um dos seguintes certificados:

  • Certificado Digital COVID-19 da União Europeia (vacinação testagem ou recuperação), válido
  • Teste laboratorial (PCR) realizado nas 72 horas anteriores à sua apresentação, com resultado negativo;
  • Teste rápido de antigénio (TRAg), verificado por entidade certificada e realizado nas 48 horas anteriores à sua apresentação, com resultado negativo;
  • Não serão aceites autotestes.

Copyright ©2021

Atualizado em 9-Dez-2021 | Partilhar:

Entre em Contacto

Telefone (+351) 214 724 040
Email: fundacao@fund-afid.org.pt
R. Quinta do Paraíso, Alto Moinho
2610-316 Amadora, PORTUGAL

Livro de Reclamações

2022 ©

Rodapé PT

Fundação AFID DiferençaTermos LegaisSiga-nos no FacebookCanal YouTubePerfil TwitterSiga-nos no InstagramSiga-nos no LinkedIn
 
Certificações