Artesanias: o trabalho em Atelier – Tecelagem

Copyright ©2018

A porta abre-se. Teares e pessoas confundem-se no mesmo plano. Olhares atentos, mentes concentradas e poucas palavras – é a oficina de tecelagem manual e tapeçaria da Fundação AFID Diferença. São 20 anos de trabalho, de rigor e de estudo. São os mesmos de dedicação e empenho. Falamos de vontade, do construir, da responsabilidade e da maturidade. Do uso da palavra sim. Sempre. Tudo junto num caminho simples de intenções, corajoso, cheio de ambições e sempre ansioso por novas conquistas.

Caminho que se impõe pela determinação, pelo querer e pelo saber fazer.

Não há limites neste espaço, nem limites nem limitações. Aqui crescemos acompanhando o ritmo, quase autónomo, do seu crescimento.

Mas há controvérsia, desacordo e há debate. Há respeito e consenso. Nascem as ideias.

Há trabalho de equipa, sério e responsável. Há esforço, engenho e iniciativa. Surgem as grandes descobertas.

Há parcerias, fazer e desfazer, tudo ponderado com o tempo e a antecedência que um trabalho, sólido como o nosso, obriga. Há sucesso e alegria.

É assim que nos entendemos e assim que começa o nosso processo inclusivo.

Os trabalhos são pensados e discutidos por todos, para todos.

Queremos manter e melhorar autonomias, estimular o espírito criativo e trabalhar competências.

Os nossos dias tecem-se num verdadeiro arco-íris, feito dos tons vermelhos e quentes dos cachecóis do

Ricardo, dos panos verdes do Filipe, das linhas cor-de-rosa e amarelas, bordadas pela Filipa e pela Ana Rita, mas também são feitos dos azuis vibrantes dos novelos do João e das improvisações, quase monocromáticas, da Marina.

Vivemos com a faculdade inventiva da Cristina, que faz crescer as peças mais surpreendentes, e com a persistência da Margarida, que lhe permite continuar, sempre em frente…

Do perfeccionismo do Tiago resultam os padrões mais complexos, mas as texturas mais inesperadas surgem das mãos do Luís e da sua extrema capacidade em dominar os materiais mais incomuns, próprios das peças de autor, que recentemente assumiram um papel de destaque na Exposição “Pés fora do Chão”, que esteve patente no Teatro Thalia.

Quanto às produções, que desenvolvemos em pequenas séries, cada peça é única e combina as melhores matérias-primas com a inovação, reunindo a minúcia e a destreza de um trabalho com vida e tradição.

São as nossas mãos, nós, que decidem o que são enganos. Há os que se corrigem e os que que são para ficar, assumidos, como marcas que identificam a realidade em que nos posicionamos – o têxtil manual.

É na “A Arte da Terra”, na “Loja Original” e com o “Torcer Ideias”, nossos estimados parceiros, que nos damos a conhecer ao mundo. E o mundo aprecia-nos numa dimensão que muitas vezes ultrapassa as nossas expetativas.

E tudo isto gera felicidade. E é bom, muito bom.

Texto da autoria de: Isabel Bordaleiro e Isabel Ribeiro, Responsáveis da oficina de tecelagem manual e tapeçaria do Fundação AFID Diferença

Atualizado em 22-Fev-2019 | Partilhar:

Entre em Contacto

Telefone (+351) 214 724 040
Email: info@afid.pt
R. Quinta do Paraíso, Alto Moinho
2610-316 Amadora, PORTUGAL

Livro de Reclamações
(Email: fundacao@fund-afid.org.pt)

2019 ©

Rodapé PT

Fundação AFID DiferençaTermos LegaisSiga-nos no FacebookCanal YouTubePerfil TwitterSiga-nos no InstagramSiga-nos no LinkedIn
 
Certificações