Dr. Domingos Rosa premiado

Copyright ©2019

O presidente do Conselho da Administração da Fundação AFID Diferença, Dr. Domingos Rosa, foi galardoado com uma Menção Honrosa na categoria de Cuidado e Carinho Dispensados aos Idosos Desprotegidos dos prémios ‘Nunes Correa Verdades de Faria’, referente a 2018. A entrega dos troféus decorreu no dia 4 de julho na Residência Faria Mantero, sita na Praça de Diu (ao Restelo), nº 3, em Lisboa e foi presidida pelo Dr. João Pedro Correia, vice-provedor da instituição, no âmbito das festividades do aniversário da Misericórdia de Lisboa.

Numa cerimónia singela, mas muito marcante, foi destacado o trabalho do Presidente da Fundação AFID pela atividade centrada no concelho da Amadora e pela sua contribuição com o seu esforço, trabalho e investimento pessoal e profissional no cuidado e carinho, promoção da saúde, qualidade de vida e bem-estar da população idosa sobretudo os mais desprotegidos.

 Os prémios Nunes Correa Verdades de Faria, instituídos pelo benemérito Enrique Mantero Bélard, destinam-se a galardoar os indivíduos (de qualquer nacionalidade) que, em Portugal, mais tenham contribuído pelo seu esforço, trabalho ou estudos, para cada uma das seguintes áreas: no cuidado e carinho dispensados aos idosos desprotegidos, no progresso da medicina na sua aplicação às pessoas idosas e no progresso no tratamento das doenças do coração.

Lista completa dos premiados:

Na Área A – Cuidado e Carinho Dispensados aos Idosos Desprotegidos

 Maria de Lourdes Pereira Miguel, integrada na Direção do Centro Social Paroquial de S. Nicolau, implementou o Projeto Mais Proximidade Melhor Vida, para combater a solidão e o isolamento dos mais idosos e incentivar por parte da sociedade civil o acompanhamento voluntário destas pessoas carentes de apoio, afeto e valorização, procurando criar respostas de qualidade numa lógica de intervenção personalizada e adaptada a cada beneficiário.

Menções Honrosas:

Domingos Marques Alves Rosa, Presidente da Fundação AFID Diferença – Associação Nacional de Famílias para a Integração da Pessoa Deficiente – desde a sua criação, tornando-se uma personalidade reconhecida na área da deficiência, quer a nível nacional, quer internacional.

Mafalda Mello e Castro tornou-se um pilar que vem marcando o trabalho desenvolvido no Centro Social e Paroquial de São Francisco de Paula, com o seu amor, a sua alegria de viver, a sua dedicação e fé na entrega aos outros, as classes sociais mais desprotegidas, lutando pela exclusão social, a pobreza e a solidão, centrados nos idosos, nas crianças entre os 3 e os 6 anos e as famílias desfavorecidas. A sua vida é pautada pela dedicação e entrega a quem mais sofre.

Área B – Progresso da Medicina na Sua Aplicação às Pessoas Idosas

 Lia Guerreiro Marques, médica com competência em Geriatria pela Ordem dos Médicos Portugueses. De 2008 a 2013 na especialização de medicina interna, período em que se confrontou com a realidade da população de doentes assistidos, uma população envelhecida, que requer diferentes abordagens clínicas consoante o crescimento cada vez maior da esperança de vida dos idosos, provocou a procura de formação específica em Geriatria com o instituto de melhorar a qualidade de vida e autonomia dos idosos.

Menções Honrosas:

Área B – Processo da Medicina na sua Aplicação às pessoas idosas

Inês Maria Sequeira Rodolfo, apresentou um trabalho que deu origem à criação de um Mestrado pioneiro em Portugal e, na Europa, cujas contribuições desta tese pretenderam fazer parte de um processo de transição que visa alterar o comportamento do setor da saúde, que procura sempre melhorar a relação entre o paciente e o médico, promover a participação do paciente na sua saúde e a prestação de cuidados colaborativos, onde as tecnologias digitais desempenham um papel fundamental.

Área C – Progresso no Tratamento das Doenças do Coração

Pedro Marques da Silva, consultor/assistente hospitalar graduado de Medicina Interna, especialista de Farmacologia Clínica e Farmacoepidemiologia e de Hipertensão Clínica com competência de Geriatria, em particular da doença CV, pela ordem dos Médicos. Personalidade conhecida entre os seus pares como líder na luta para diminuir a carga de doença cardiovascular.

Menções Honrosas:

Eugénia Carvalho, Grupo de Diabetes, Obesidade e Complicações do Centro de Neurociências e Biologia Celular da Universidade de Coimbra, a obesidade e diabetes tornaram-se problemas de saúde que estão fortemente associados a distúrbios metabólicos e cardiovasculares, os quais têm sido objeto de diversos estudos, cujas conclusões motivaram o interesse de investigadores internacionais. Toda a investigação trouxe até agora enormes contribuições inovadoras e únicas na identificação de biomarcadores precoces para cardiomiopatias e novos alvos terapêuticos.

Pedro Nuno Martins Pires Coelho, com a especialidade de Cirurgia Cardiotorácica pela Ordem dos Médicos e doutoramento em 2019, pela Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa. Apresenta um trabalho, sob a forma de tese doutoral, que prova que a cirurgia cardíaca apesar de um processo complexo proporciona uma melhoria da qualidade de vida a doentes com mais de 65 anos, não devendo negar-se-lhes esta terapêutica por terem uma idade avançada.

 

Copyright ©2019
Copyright ©2019
Copyright ©2019
Copyright ©2019
Copyright ©2019
Copyright ©2019
Copyright ©2019
Copyright ©2019
Copyright ©2019
Copyright ©2019
Copyright ©2019
Copyright ©2019

 

Atualizado em 12-Jul-2019 | Partilhar:

Entre em Contacto

Telefone (+351) 214 724 040
Email: info@afid.pt
R. Quinta do Paraíso, Alto Moinho
2610-316 Amadora, PORTUGAL

Livro de Reclamações
(Email: fundacao@fund-afid.org.pt)

2019 ©

Rodapé PT

Fundação AFID DiferençaTermos LegaisSiga-nos no FacebookCanal YouTubePerfil TwitterSiga-nos no InstagramSiga-nos no LinkedIn
 
Certificações